Sábado, 06 de Março de 2021 08:54
62 4101-1240
Saúde GOIÁS

Caiado e Mendanha reafirmam parceria durante início da campanha de vacinação, em Aparecida de Goiânia

“Estamos na luta de maneira uniforme, uníssona e articulada para salvar vidas”, afirma governador durante evento realizado nesta quarta-feira (20/01), no Hospital Municipal. “Que possamos continuar o bom trabalho que tivemos nos últimos dois anos”, retribui prefeito

20/01/2021 17h38 Atualizada há 1 mês
Por: Ummix Super Rede Fonte: Secretaria de Comunicação - Governo de Goiás
Governador Ronaldo Caiado e prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, reforçam parceria administrativa durante início de vacinação contra Covid-19 no município. Foto: Wesley Costa
Governador Ronaldo Caiado e prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, reforçam parceria administrativa durante início de vacinação contra Covid-19 no município. Foto: Wesley Costa

Durante o início da campanha de vacinação no segundo maior município goiano, o governador Ronaldo Caiado e o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, reafirmaram parceria administrativa para sanar os principais problemas da população, em especial na área da saúde. “Tivemos um momento em que pudemos expandir a regionalização e, em todo esse tempo, Gustavo foi nosso aliado. Temos nos empenhado enormemente”, afirmou Caiado.

O prefeito confirmou a sintonia existente entre município e Estado. “Aparecida não vai se furtar dos grandes diálogos da região metropolitana. Que nós possamos continuar o bom trabalho que tivemos nos últimos dois anos e afinar ainda mais para que o aparecidense seja beneficiado”, disse. Mendanha e Caiado abriram a campanha de vacinação na cidade nesta quarta-feira (20/01), no Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia (Hmap).

Em relação à imunização da população contra a Covid-19, a parceria também foi reforçada. “Todos nós estamos na luta de maneira uniforme, uníssona, articulada para salvar vidas. Eu acho que essa interação, esse gesto aqui, mais uma vez, mostra o quanto nós temos cuidado das pessoas”, destacou o governador, que, por ser médico, protagonizou a aplicação da vacina na técnica de enfermagem Antônia Francisca Monteiro Bastos, 48, a primeira moradora de Aparecida a receber a dose preventiva contra o coronavírus.    

Antônia trabalha no HMAP há sete meses. Ela relatou que assim que começou a prestar serviços no local foi acometida com a Covid-19. “Quase morri. Minha família toda, marido e dois filhos, também tiveram”, disse. Agora, com a primeira dose da vacina, ela garante estar mais segura. “Fiquei feliz por todos que graças a Deus chegou a vacina”. 

Joselina da Cruz Tavares Rodrigues, de 57 anos, trabalha na área da limpeza da unidade hospitalar. Imunizada com a primeira dose da vacina durante a solenidade, ela pontuou que a partir de agora vai trabalhar com a sensação de mais segurança. “Todo dia mexe com o emocional da gente”, disse ao falar da Covid-19. Joselina ainda relatou que viu muitos pacientes morrendo por conta da doença. “Quando um rapaz de 15 anos morreu todo mundo ficou em choque, foi bem difícil”, contou. “Querendo ou não, a gente se apega com os pacientes”, acrescentou. O terceiro foi o motorista do Samu, Sandro Vieira Coelho, de 48 anos.

O prefeito Gustavo Mendanha reconheceu o trabalho de Caiado na luta pela garantia da correta distribuição da vacina ao Estado. “Quero lhe parabenizar pelo esforço que o senhor tem tido junto ao Ministério da Saúde (MS) e ao governo federal para que pudéssemos assistir a todos os cidadãos goianos, especialmente aos aparecidenses”, ressaltou.

O prefeito aproveitou o bom trânsito que Caiado tem em Brasília e lhe fez um pedido. “Gostaria que o senhor fizesse uma interlocução junto ao MS para que os profissionais de imprensa, que lidam diariamente nessa frente também contra o Covid, pudessem estar no grupo prioritário”, registrou. 

Números

Para Aparecida, foram destinadas 7,2 mil doses nesta primeira etapa da vacinação. Serão imunizados profissionais de saúde que atuam diretamente no tratamento de pacientes com Covid-19, além de idosos e pessoas com deficiência que vivem em instituições de longa permanência.

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o governo federal enviará 200 mil doses para a cidade, o que corresponde a um terço da população local. A remessa já encaminhada é suficiente para cobrir 44% dos profissionais de saúde que atuam nas unidades públicas e privadas, e toda a população idosa e de pessoas com deficiência que vivem em abrigos. 

Os secretários estadual e municipal da Saúde, respectivamente Ismael Alexandrino e Alessandro Magalhães, também participaram da solenidade e, tal como Caiado, aplicaram, cada um, o imunizante em um morador do município.

A campanha de vacinação contra a Covid-19 em Goiás começou na última segunda-feira (18/01), depois que o governador foi até São Paulo buscar as doses destinadas ao Estado. Anápolis foi o primeiro município goiano a receber a vacinação, em retribuição ao gesto da população e da prefeitura, que acolheram no ano passado os brasileiros que estavam em Wuhan, na China, logo no início da pandemia. O segundo local foi o Hospital de Campanha de Goiânia.

Nesta primeira fase, a quantidade encaminhada pelo Ministério da Saúde cobre 91 mil goianos do grupo prioritário: profissionais da saúde; idosos e pessoas com deficiência institucionalizados; e indígenas aldeados.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias